Atendente de telemarketing

Eu adoraria ser atendente de telemarketing por 1 dia.

Para:

(   )  atender melhor os clientes;

(   )  fazer tudo diferente de como é feito;

(   )  “estar usando” o gerundio sem pena da lingue portuguesa.

Não é por nenhum desses motivos.

O que queria mesmo é fazer exatamente como é feito hoje porque certamente deve dar algum tipo de prazer atender o cliente tão mal. Só pode ser isso! Não há outra explicação para sermos tão destratados pelas empresas que, pasmem, dependem de nós.

Eu fico imaginando como deve ser a reunião semanal de uma equipe de tele atendimento com seu coordenador:

Coordenador: Muito bem equipe, atingimos nossa meta! Recebemos mais de 1000 reclamações esta semana e 970 delas dizem respeito a forma como o cliente foi atendido por vocês. João, você se superou quando “deixou” a ligação cair no meio da fala nervosa de um cliente. Maria, não tenho palavras para elogiar a sua falta de interesse pelo problema do cliente do Rio. Joana, fico até emocionado com a sua total falta de educação. Não tenho como estar ficando mais orgulhoso de vocês. Continuem assim e bateremos nossa próxima meta que é estar fazendo a empresa perder mais 700 clientes.

Minha mais nova experiência foi a seguinte. Precisei ligar para o 135 para agendar um horário no INSS para dar entrada na minha licença maternidade. Meu primeiro choque foi saber que por ser ‘mãe adotiva” (parece até que existem diferentes categorias de mãe) não poderia pedir a licença diretamente na empresa que eu trabalho como qualquer mulher. Eu preciso ir na agência do INSS. Tarefa muito simples para uma mãe com um bebê novinho em casa, né?

Bom, mesmo indignada liguei para o tal número e uma pessoa com sotaque do nordeste me atendeu.

Atendente: Bom dia senhora. Como posso estar te ajudando?

Eu: Preciso agendar um horário para dar entrada na minha licença maternidade.

Atendente: Sim, temos vaga dia 27/05.

Eu: mas hoje é dia 20 de abril. Não tem como seu antes?

Atendente: Não. Silêncio.

Eu: Mas se eu for na data que você está falando vou ficar 2 meses sem receber meu salário. É isso?

Atendente: Sim. Silêncio.

Eu: Mas como vou fazer?

Atendente: Silêncio.

Eu: Gente, e agora?

Atendente: Senhora, posso agendar para dia 27 ou …

Eu: Ou …

Atendente: Ou a senhora não vai querer o horário?

A conversa não foi muito mais longe. Eu, claro, aceitei o horário e, claro, vou ficar sem receber os 2 salários, que imaginem vocês como são importantes agora, já que não estava preparada para receber o Miguel.

É por isso que eu repito: deve dar algum tipo de prazer não acha? E se dá prazer eu também quero estar sentindo!! (esse negócio de gerundio pega, viu?)

About these ads

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Renata
    jun 20, 2011 @ 23:56:28

    Mas você tem que ver que as pessoas que atendem estão submetidas a um sistema. Assim, os atendentes de telemarketing agendam de acordo com a data que o sistema libera e não porque querem te tratar mal. Quanto ao gerundio, a sua afirmativa cabe perfeitamente, porque isso já é fruto da formação do atendente, o que independe do treinamento que recebem da empresa.

    Responder

    • Li
      jun 21, 2011 @ 19:03:42

      Oi Renata, obrigada pelo seu comentário, mas eu continuo achando que um pouco de simpatia e boa vontade ajuda bastante, não é? Pode até não resolver o problema, mas ajuda a diminuir a frustação.

      Responder

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: